quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

Playlist | As melhores músicas e álbuns que escutei em 2018


Olá. Hoje é dia de, finalmente, mostrar as melhores músicas e álbuns que escutei em 2018. Ano passado foi um ano repleto de boas descobertas e músicas favoritas. As músicas e artistas/duos/bandas que escutei em 2018 me fizeram bem e me deixaram mais leve em meio a correria da faculdade.

Decidi começar com os álbuns e mostrar minhas músicas favoritas de cada um, depois listei outras músicas que fizeram meu 2018 feliz. Vamos lá!

Álbuns:

In Your Hands - Eliza
No Man Can


Camila - Camila Cabello


All These Years


She Loves Control


Havana ft. Young Thug


Something's Gotta Give


O Tempo é Agora - Anavitória


Ai, Amor (não consegui colocar o áudio aqui, mas você encontra a música aqui)

Porque Eu Te Amo


Calendário


Outrória ft. OutroEu


Preta


Dói Sem Tanto


Se Tudo Acaba


Melim - Melim


Meu Abrigo


Ouvi Dizer


Transmissão de Pensamento


Dois Corações



Confusão


Era Pra Ser Outra Canção Feliz


Maju


Peça Felicidade


OutroEu - OutroEu



Coisa de Casa


Zade 



Outro Eu



O Que Dizer de Você


O Que Te Faz Feliz?


Poema de Lágrimas



Dona Cila


Mapa Astral - Hotelo


Câncer ft. Vitórica Falcão


Libra ft. Ana Caetano


Menções honrosas:

Anavitória Canta Para Foliões de Bloco, Foliões de Avenida e Não Foliões Também

Ana e Vitória (Trilha Sonora Original do Filme)

Outras músicas:

Back To You | Selena Gomez



Ameno | Jéf ft. Ana Caetano



Next To You | Imagine Dragons



Igual, Diferente | Benê e Guto (Malhação - Viva a Diferença)



I Follow Rivers | Lykke Li (The Magician Remix)



Scar Tissue | Camila Cabello



Fonte das imagens:
Eliza | fonte
Camila Cabello | fonte
Anavitótia | fonte
Melim | fonte
OutroEu | fonte
Hotelo | fonte

Abraços,
Alice

terça-feira, 22 de janeiro de 2019

As melhores leituras de 2018


Olá. Mesmo atrasada, eu não poderia deixar de compartilhar aqui as melhores leituras que fiz em 2018. Eu li 28 livros (confesso que queria ter lido mais!) e dentre eles houve experiências maravilhosas, histórias surpreendentes e autores que me conquistaram com escritas incríveis. Também tive experiências com livros que não alcançaram minhas expectativas, mas tudo bem, isso faz parte e gostei de ter feito todas as leituras.

Algumas delas eu estava planejando e outra eu encaixei nas TBR's ao longo do ano. Eu favoritei 8 livros, porém escolhi 5 títulos para falar sobre, pois foram leituras que me marcaram de maneiras diferentes. Clicando no título do livro você pode conferir a minha opinião completa. Então vamos lá!

OS 27 CRUSHES DE MOLLY de Becky Albertalli

Becky Albertalli sabe como aquecer o coração do leitor. Esse livro foi tão fofo e divertido! A escrita da autora é muito gostosa e toda a representatividade e questões importantes na história fizeram esse livro ser necessário.


Eu li esse livro muito rápido. A escrita do autor está brilhante, a Aza é maravilhosa e toda a história é envolvente, trazendo de uma forma sensível na literatura o transtorno mental que é o TOC. 


Considero esse livro o melhor de 2018. Além de conhecer uma das melhores escritas do ano e da minha vida, que é simples e pura poesia, acompanhamos na história o crescimento de um sentimento lindo, personagens adoráveis, diálogos incríveis, cenas emocionantes, amizade, amor, família e descobertas.

A SOCIDADE LITERÁRIA E A TORTA DE CASCA DE BATATA de Mary Ann Shaffer e Annie Barrows

Eu ainda nem acredito que li esse livro ano passado. Foi uma leitura incrível, emocionante, com um humor sutil e um romance leve. Eu tenho um carinho enorme por essa história, que fala sobre solidariedade, amizade, perdas e o amor pelos livros.


Esse livro! Essa autora! Meu Deus, a escrita da Ray Tavares é maravilhosa e todo o humor inteligente, o desenvolvimento do romance, as críticas sociais ao longo da narrativa da Isa, me fez amar a leitura e guardar um lugarzinho no meu coração para a autora.

Abraços, 
Alice

sábado, 19 de janeiro de 2019

LEITURAS DO MÊS: Novembro e dezembro 2018


Olá. Finalmente vou falar sobre as minhas leituras de novembro e dezembro de 2018. Eu li um livro em cada mês, de acordo com a TBR que eu tinha montado (TBR de Novembro e dezembro), e a leitura do mês de dezembro atravessou o ano e foi finalizada nos primeiros dias de janeiro de 2019. Eu gostei muito de fazer essas duas leituras, um livro nacional que eu favoritei e um livro com contos de verão. Abaixo você confere a minha opinião sobre elas.


OS 12 SIGNOS DE VALENTINA | Ray Tavares | Verus Editora | Nota 5/5 + 

"Isadora é ariana e seu ex namorado pisciano... Inferno astral! Em busca da combinação astrológica perfeita, ela cria um blog para relatar suas experiências. Isadora descobriu da pior forma possível que o namorado a traíra. E com sua melhor amiga, ainda por cima! A estudante de jornalismo entra numa fossa sem fim. Sem nenhum estágio à vista, ela se afoga em filmes feitos para chorar, pizza e em sua mais nova obsessão: stalkear o perfil do ex namorado no Facebook. Até descobrir exatamente o que deu errado entre ela e Lucas: seus signos são incompatíveis. Basta encontrar um rapaz de libra e seu mundo entrará nos eixos novamente. Com a nova obsessão e a desculpa do trabalho final de jornalismo online, uma reportagem investigativa sob um pseudônimo, Isadora une o útil ao agradável e cria um blog para relatar a experiência: Os 12 signos de Valentina. Já que precisa encontrar o libriano perfeito, por que não aproveita e experimenta os outros signos do zodíaco para ter certeza mesmo?" - Skoob

Eu amei tanto esse livro! Desde a primeira página fiquei envolvida com a escrita ágil da Ray, encantada com o humor, as referências, o romance, as críticas sociais muito bem colocadas durante a narrativa, e que narrativa! A Isadora é uma ariana incrível, com ideias fortes e um humor inteligente, me fazendo gargalhar alto. A experiência dela com um cara de cada signo foi muito legal e trouxe muito aprendizado, me deixando interessada sobre astrologia.

O romance é uma coisa muito linda. Eu amei muito o Andrei e o modo como tudo foi acontecendo entre os dois. O jeitinho dele, aaaa. Além disso, gostei da família da Isa e também da amizade que é mostrada na história.

Enfim, Os 12 Signos de Valentina é o meu tipo de livro. Eu devorei já sentindo saudades de tudo, haha. Tem um ritmo muito bom e os últimos capítulos são maravilhosos. E o final, meu Deus, que final. A Ray Tavares se tornou uma das minhas escritoras favoritas.


ACONTECEU NAQUELE VERÃO | Vários autores e organização de Stephanie Perkins | Intrínseca | Nota 4/5

"Doze histórias apaixonantes de doze grandes escritores, entre eles Cassandra Clare, Veronica Roth e Stephanie Perkins.

Bem-vindos à estação mais ensolarada e apaixonante de todas! No verão, somos todos iguais, diz um dos personagens do conto “Mil maneiras de tudo isso dar errado”. No Brasil, nos Estados Unidos ou em qualquer lugar do globo, uma coisa é certa: no verão, nossos corações ficam mais leves, mais corajosos, impetuosos e confiantes — talvez por isso esta seja a estação perfeita para se apaixonar... e Aconteceu naquele verão é o livro ideal para quem adora histórias de amor.

Mas essa coletânea tem algo ainda mais especial. Algumas histórias têm uma pitada de estranheza, de mistério, um toque sobrenatural. Em “Cabeça, escamas, língua, calda”, a lagoa de uma cidadezinha é morada de um monstro marinho que só uma menina vê. No intrigante “Inércia”, dois grandes amigos há muito afastados vão se encontrar num quarto de hospital para uma última visita. No belo “O mapa das pequenas coisas perfeitas” é sempre dia 4 de agosto. Presos num loop temporal, dois jovens vão comprovar do que a força do amor é capaz.

A lição é simples: o amor não escolhe lugar nem hora para surgir. Coloque seus óculos escuros e abra sua cadeira de praia, porque neste verão você terá doze motivos para suspirar e se apaixonar." - Skoob

Preciso admitir que esperava gostar mais dos doze contos, porém gostei muito de conhecer novos autores e suas histórias e rever outros, como Stephanie Perkins, Veronica Roth, Cassandra Clare e Jennifer E. Smith. As escritas e o ritmo ágil dos contos foram muito bons, li cada um em no máximo quatro dias.

Eu favoritei quatro contos, mas vários deles merecem destaque, por contarem histórias originais, interessantes, fofas e que trouxeram representatividade. No fim da maioria dos contos eu senti um aperto no peito por estar acabando e querer mais. Gostei muito de ter lido o livro, pois a estação do verão trouxe um clima leve.

CABEÇA, ESCAMAS, LÍNGUA, CAUDA, de Leigh Bardugo | Nota 4/5

Nunca tinha lido nada da autora, então fui me acostumando com a escrita dela. O começo é estranho, mas aos poucos peguei o ritmo da história. A partir da aparição do Eli eu fiquei muito intrigada, e terminei o conto na mesma noite, curiosa com o que iria acontecer nas próximas páginas. Gostei da Gracie, ela é legal. Achei incrível o modo como a autora, em poucas páginas, desenvolveu toda a história, o clima, as personagens. É uma história que me prendeu e me surpreendeu, mas eu queria mais no final, mais explicações, porém foi uma história muito bacana.

O FIM DO AMOR, de Nina LaCour | Nota 3/5

Infelizmente eu não senti empolgação alguma lendo o conto da Nina. A escrita dela é muito boa e as cenas são curtas. Gostei da representatividade lésbica, porém as personagens não me encantaram e a história não me despertou nada.

O ÚLTIMO SUSPIRO DO CINEMORTE, de Libba Bray | Nota 4.5/5 + 

Esse conto me conquistou aos pouquinhos. Ele começou morno, mas a cada página eu fui conhecendo o protagonista Kevin e seus amigos e colegas de trabalho, Dave e Dani. Eu gostei muito da escrita da autora e como aos poucos fui sendo inserida na história. A narrativa do Kevin é bem divertida e cheia de referências relacionadas a cinema e filmes de terror. Eu tinha achado o conto da Leigh Bardugo bem diferente, mas essa conto ganhou, chegando a ser bizarro, haha. Fiquei a leitura toda criando teorias. O conto é grandinho, tem 40 páginas, mas é envolvente, surpreendente e fluído. Eu gostei muito e até favoritei, mas dei nota 4.5 porque perdi um pouco da empolgação em um certo momento do conto. Gostei do romance e das personalidades das personagens.

PRAZER DOENTIO, de Francesca Lia Block | Nota 1/5

Eu até estava curiosa no começo, mas preciso ser sincera: não senti nada, não gostei do conto.

EM NOVENTA MINUTOS, VÁ EM DIREÇÃO A NORTH, de Stephanie Perkins | Nota 4.5/5

Comecei o conto animada, pois gosto muito da autora e essa história é a continuação do conto que ela escreveu na coletânea de Natal, O presente do meu grande amor. Porém, quando descobri que Marigold e North tinham terminado o relacionamento, fiquei um pouco triste me perguntando sobre o que seria a história do conto. Com o passar das páginas fui reconhecendo o humor, a fofura e a escrita leve da autora, e gostando do rumo da história, de como as coisas estavam se desenrolando. Ah, e os diálogos estão ótimos, como sempre.

LEMBRANÇAS, de Tim Federle | Nota 4/5

É um conto muito interessante, bem humorado, com uma escrita fluída. Eu fiquei muito feliz quando descobri que o casal da história era formado por dois garotos. Enfim, gostei do ritmo, da narrativa e do fato de mostrar o término de um relacionamento. Gostei também do Matthew, que é o protagonista.

INÉRCIA, de Veronica Roth | Nota 4.5/5

Eu não estava esperando gostar do conto, pois o começo é confuso. Algumas características são do gênero Distopia, porém no meio da leitura eu esquecia isso e aproveitava a história entre as personagens. A escrita da Veronica Roth está bem ágil e envolvente. Eu achei a ideia do conto bem interessante e gostei das personagens, Claire e Matt. Gosto de histórias sobre amigos que se apaixonam. Achei o conto bem original e gostei do final e de como tudo foi acontecendo. Porém só temos simples explicações sobre a Última Visita.

AMOR É O ÚLTIMO RECURSO, de Jon Skovron | Nota 4.5/5 + 

Eu achei o conto bem gostosinho de ler. Com um bom humor, representatividade gay, um cenário diferente que é o resort, e o narrador que me lembrou muito o Lemony Snicket, haha. Eu gostei das personagens, do ritmo da história, do desenvolvimento, do tema principal que é o AMOR. Eu favoritei o conto pois foi um dos que mais me deixou empolgada do começo ao fim, e eu queria mais depois do último parágrafo, pois achei uma história com um enredo bem divertido. Eu só não dei 5 estrelas pois não achei que as coisas que aconteceram iriam acontecer na vida real.

BOA SORTE E ADEUS, de Brandy Colbert | Nota 3.5/5

Achei conto esse ok. Nada empolgante nem divertido, apenas interessante. Não me apeguei aos personagens, mas adorei a representatividade negra e lésbica na história. O começo do conto foi morno, mas a escrita da autora é bem fluída. Acabei ficando curiosa e pesquisei mais livros dela. Gostei do final e também do fato de o conto ser ágil e contar o essencial.

NOVA ATRAÇÃO, de Cassandra Clare | 4.5/5

Eu gostei muito do conto da Rainha Cassie. O ritmo é muito bom e a escrita da autora está maravilhosa. A história é interessante do começo ao fim, e eu só não gostei tanto assim do romance, me importei mais com o cenário do parque, a magia e o mistério. Foi surpreendente e bastante empolgante. Queria mais!

MIL MANEIRAS DE TUDO ISSO DAR ERRADO, de Jennifer E. Smith | Nota 5/5 + 

A autora sempre me surpreende com histórias fofas. Eu amei muito o conto desde o começo. Achei interessante que nas primeiras páginas vamos conhecendo os sentimentos de Annie por Griffin e também conhecemos ele através dos olhos dela. Eu gostei muito dos dois, dos diálogos, das cenas curtas e da escrita ágil. Gostei de como as coisas foram acontecendo, pois no início não sabemos e somos surpreendidos, tanto pela história, que não se apega ao passado da Annie ou um contexto mais complexo, tanto pela fofura e pelo tema abordado de forma sensível, que é o autismo e a Síndrome de Asperger. Confesso que queria mais, quando vi que faltavam apenas duas folhas para o conto acabar, já estava sentindo falta. Enfim, é gostosinho de ler, é divertido, tem basquete, crianças, diálogos fofos e cenas românticas, além de eu ter amado a representatividade do autismo na literatura.

O MAPA DAS PEQUENAS COISAS PERFEITAS, de Lev Grossman | Nota 5/5 + 

Eu não estava esperando amar o último conto da coletânea. Se não me engano foi o único conto que li em um dia só. É bem intrigante. Eu gostei muito da narrativa, do humor sutil, do protagonista, Mark, do significado que o conto traz para o leitor. Eu fui surpreendida pelo desfecho e pela explicação de tudo, e ao mesmo tempo que foi simples, também foi profundo e muito bonito. Admito que não fiquei muito interessada na Margaret quando ela apareceu na história, mas a personagem tem sua chance no desenvolvimento do conto. Enfim, amei a escrita e a ideia do conto de nos mostrar que devemos aproveitar o tempo que temos, vivendo o presente ao lado das pessoas que amamos e valorizando as pequenas coisas. Ah, e o título faz todo o sentido!

Abraços,
Alice

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

TBR: Livros que quero ler em janeiro 2019


Olá. Esse é o primeiro post (bem atrasado) de 2019!

Amanhã chegamos na metade de janeiro, e só agora consegui reunir animação para postar a minha TBR do mês. Preciso admitir que estou um tanto desanimada para postar aqui no blog, e claro que me sinto horrível por isso. Agora nas férias, apesar das várias postagens que quero fazer, tanto aqui no blog como no instagram, prefiro ler e assistir séries, haha, então não estou conseguindo me organizar e por isso as postagens vão sair todas atrasadas, mas espero que em janeiro.

Para as minhas primeiras leituras de 2019, separei para ler os quatro últimos livros da série Desventuras em Série, do autor Lemony Snicket. Assim eu finalizo ela e também assisto a terceira e última temporada da série na Netflix, fazendo aquele esquema de ler um livro e assistir os episódios referentes a ele. Pretendo também adicionar um ou dois livros na TBR.


Por motivos de spoilers, decidi não colocar as sinopses de cada um do títulos. Eu já li o décimo e o décimo primeiro volumes, e no momento estou lendo O Penúltimo Perigo.

O Escorregador de Gelo

A Gruta Gorgônea

O Penúltimo Perigo

O Fim

Abraços,
Alice