quinta-feira, 3 de julho de 2014

Livro: Lonely Hearts Club - Elizabeth Eulberg


Título original: The Lonely Hearts Club
Autora: Elizabeth Eulberg
Editora: Intrínseca
Páginas: 238
Ano: 2011
Nota: 4.5/5

"Porque ninguém precisa
de namorado para ser feliz."

Penny Lane é uma garota de 16 anos com o coração partido. Cansada dos garotos babacas da escola, e de ver suas amigas e outras meninas mudarem sua personalidade por causa dos namorados, ela decidi nunca mais namorar - pelo menos no período escolar - e cria o Lonely Hearts Club, um clube inspirado em uma música dos Beatles

No começo, Penny é a única integrante, mas aos poucos ganha novas aliadas. Juntas, elas vão passar bons momentos, aprendendo e ensinando umas com as outras.

"Love is all you need...
Ou será que não?"



Eu estava cheia de expectativas para ler esse livro. Gostei do começo, mas a história ficou bobinha e era disso que eu estava com medo. Não que ficasse chata, apenas se tornou boba pra mim em alguns momentos, aquela coisa adolescente que às vezes cansa.

Porém, em certo ponto, o enredo ficou bastante empolgante, e eu me vi imaginando o que aconteceria nas próximas páginas. Às vezes ficava tudo previsível, em outras eu não tinha ideia do que aconteceria.



O livro me fez rir, sorrir e suspirar. Eu queria falar sobre o meu personagem favorito, mas seria spoiler. Só posso dizer que ele é superfofo.

Penny Lane é uma boa protagonista. Forte e em outros momentos vulnerável. Tracy me fez rir bastante, ela é uma ótima amiga. Diane (isso talvez seja  um spoiler, cuidado!) me mostrou que as pessoas podem mudar. Todas as garotas do clube nos ensinam um valor muito bonito: a força da amizade.

"Eu descobri do jeito mais difícil que contos de fadas e amor verdadeiro não existem.
O cara perfeito não exste." (página 13)

Pois o livro não é só sobre "não namorar", é também sobre amigas passarem o tempo juntas e aprenderem umas com as outras.



Todas as referências aos Beatles são ótimas e essa foi uma das razões para eu ter gostado do livro.

A escrita da Elizabeth é leve e divertida. Com capítulos curtos, você pode ler vários em poucas horas. A diagramação do livro é bem legal e os trechos de músicas dos Beatles que aparecem de vez em quando para dividir a história, são ótimos.

"(...) Recorri aos únicos garotos que nunca tinham me decepcionado. Os únicos caras que nunca partiram meu coração, que nunca me desapontaram.
John, Paul, George e Ringo." (página 19)

Os capítulos 24 e 37 são muito amor e são os meus favoritos.



Enfim, Lonely Hearts Club é um romance jovem bem bacana, escrito de uma maneira leve e com uma capa bem legal (apesar de eu não gostar dos calçados das garotas). Não virou favorito e também não é um livro que vai mudar sua vida, mas eu recomendo, pois é uma história divertida.

"Porque mesmo que estivéssemos no meio da noite, eu ainda podia cantar
"Here Comes the Sun", lá vem o sol, e as palavras e os sentimentos seriam verdadeiros.
Especialmente a parte sobre ficar tudo bem." (página 233)

Acho que alguma produtora deveria comprar os direitos cinematográficos desse livro. Seria um filme bem legal, com um casal fofo, um ambiente escolar, vários personagens adolescentes e, é claro, Beatles!

Abraços e até o próximo post!

2 comentários:

  1. Sou doido para ler esse livro, acho a capa perfeita. Adorei a resenha Alice!
    http://bookshelftour.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Henrique!
      Leia sim, o livro é bem legal e vale a pena. Também gosto da capa.
      Abraços!

      Excluir