sexta-feira, 8 de maio de 2015

Livro: Um mais um - Jojo Moyes


Título original: The one plus one
Autora: Jojo Moyes
Editora: Intrínseca
Páginas: 319
Ano: 2015
Nota: 5/5 + 

"(...) Jess sentia uma certeza silenciosa de que tudo daria certo. Não que Ed fosse fazer tudo dar certo, pois ele tinha os próprios problemas para lidar, mas, de algum modo, a soma dos dois resultaria em algo melhor. Eles fariam tudo dar certo."

Sinopse (orelha do livro)Há dez anos, Jess Thomas ficou grávida e largou a escola para se casar com Marty. Dois anos atrás, Marty saiu de casa e nunca mais voltou.

Fazendo faxinas de manhã e trabalhando em um pub à noite, Jess mal ganha o suficiente para sustentar a filha Tanzie e o enteado Nicky, que ela cria há oito anos. Jess está muito preocupada com o sensível Nicky, um adolescente gótico e mal-humorado que vive apanhando dos colegas. Já Tanzie, o pequeno prodígio da matemática, tem outro problema: acabou de receber uma generosa bolsa de estudos em uma escola particular, mas Jess não tem condições de pagar a diferença. Sua única esperança é que a menina vença uma Olimpíada de Matemática que será disputada na Escócia. Mas como eles farão para chegar lá?

Enquanto isso, um dos clientes de faxina de Jess, o gênio da computação Ed Nicholls, decide se refugiar em sua casa de praia por causa de uma denúncia de práticas ilegais envolvendo sua empresa. Entre ele e Jess ocorre o que pode ser chamado de ódio à primeira vista. Mas quando Ed fica bêbado no pub em que Jess trabalha, ela faz questão de deixá-lo em casa, em segurança. Em parte agradecido, mas principalmente para escapar da pressão dos advogados, da ex-mulher e da irmã - que insiste em que ele vá visitar o pai doente -, Ed oferece uma carona a Jess, os filhos e o enorme cão da família até a cidade onde acontecerá o torneio.

Começa então uma viagem divertida, repleta de enjoos, comida ruim e engarrafamentos. A situação perfeita para o início de um engraçado romance entre uma mãe solteira falida e um geek milionário.



Sempre que um livro vira favorito, nunca sei quais palavras usar para escrever ou falar sobre ele. No momento que fecho o livro, a frase "É muito bom!" parece ser suficiente. Na verdade, parece que não existe as palavras certas, além dessa frase que pode transmitir tudo, cada sentimento apenas naqueles primeiros minutos depois de terminar o livro.

"Não podia acreditar que perder alguém que conhecia há tão pouco tempo pudesse ser como perder uma parte de si mesma, que isso pudesse fazer a comida ter um gosto estranho e as cores parecerem sem graça." - página 281 

Bom, por onde começar? Um mais um é incrível! A Jojo tem uma receita perfeita. Ela coloca romance, humor e drama, mistura tudo isso e cria uma história linda, divertida e muito bem contada. E que passa uma bela mensagem. Sempre há lições muito bacanas e às vezes realmente emocionantes. A Jojo quase me fez chorar em uma cena.



A escrita dessa mulher é deliciosa. Mesmo sem muitas descrições, logo no começo me vi apaixonada pelos personagens. Eles são reais, humanos, cativantes. Erram, falam besteira, amam, emocionam, soltam frases que me fizeram dar boas risadas.

"Ed achou que ficaria acordado por séculos. Havia algo estranhamente perturbador em estar num carro escuro a um braço de distância de uma mulher atraente com quem havia acabado de dividir duas garrafas de vinho. Ainda que ela estivesse encolhida embaixo de um edredom do Bob Esponja." - página 115

Jess e Ed. Eles são ótimos juntos. Amo o modo como se aproximam, como começam a enxergar as qualidades e manias um do outro. Jess é inspiradora, uma mãe batalhadora, engraçada. A vida dela é simples, mas me tocou muito. O amor dela pelos filhos, o esforço para mantê-los bem, o otimismo dela em relação aos tropeços e momentos ruins da vida. Foi tudo muito bem desenvolvido e eu torci muito pela ela. Ed é um personagem diferente para mim. Ele muda, ensina, aprende, se deixa tocar pela situação, pelas três pessoas - e Norman - que entram em sua vida.

"Às vezes, dizia a si mesma, a vida era uma série de obstáculos que tinham de ser contornados possivelmente por um mero ato de vontade." - página 283

Tanzie e Nicky. Crianças maravilhosas, inteligentes e engraçadas. Cheias de opinião e sentimentos. Eu amei os dois.



A Jojo é uma linda. Ela consegue me fazer mergulhar na narrativa, que em terceira pessoa mostra a perspectiva de Ed, Jess, Tanzie e Nicky. Consegue me mostrar personagens que passam por coisas da vida real, sem ficar chato em nenhum momento. E ela faz isso lindamente, tornando a leitura prazerosa.

"A cada quilômetro, a vida real vinha firme na direção deles, como uma maré cheia, fria, impossível de conter." - página 250

Mesmo os capítulos de Um mais um sendo mais longos, eu me vi envolvida com os personagens, com as palavras tão bem escolhidas, com as situações malucas e divertidas, os momentos tristes, as surpresas. Eu sentia um friozinho na barriga, uma empolgação, lendo as cenas da viagem de carro que eles fazem e me vi querendo estar junto deles. As conversas, o silêncio, as olhadas pelo retrovisor, as paradas, os imprevistos. 



Eu queria que o livro nunca acabasse, pois me senti muito bem lendo ele, ansiando pelo próximo capítulo. É uma leitura ótima para te tirar de uma ressaca literária, ou até mesmo depois de ler uma certa trilogia chamada Maze Runner.

Os últimos capítulos são meio dramáticos, mas eu sabia que alguma coisa surpreendente e boa para os personagens iria acontecer, e que isso os levaria para um final feliz.

"Sentia o sol na pele, ouvia o canto dos pássaros acima das vozes das pessoas, do ronco dos carros acelerando, sentia cheiro de gasolina e de doces fresquinhos, e as palavras ecoaram em sua cabeça, espontaneamente: isso é que é felicidade." - página 245

Um mais um merece todas as estrelas e corações do mundo. Conta uma história adorável de uma maneira leve, divertida e comovente. Leiam!

Eu sou apaixonada pela ilustração da capa.

Abraços!

4 comentários:

  1. Eu ja estava louca para ler esse livro! Imagina agora! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sarah.
      Leia na primeira oportunidade que surgir, pois Um mais um é incrível. Abraços!

      Excluir
  2. Chorei litros com Como eu era antes de você, que livro perfeito!
    E você está certíssima, a escrita da Jojo é MARAVILHOSA.
    Nos envolve e nos faz parte da história.

    Lerei Um mais um como todos os outros dela ... só não tenho muito certeza se farei a leitura de After You ... Como assim a Lou sem o Will??? Imprensável!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amo muito Como eu era antes de você, é lindo demais. A Jojo é mesmo incrível.
      Leia Um mais um, pois é uma história ótima. Estou curiosa para ler After You, quero ver o que a Jojo preparou para a Lou. Beijos!

      Excluir