sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Filme: Love, Rosie


Se você ainda não leu Where rainbows end ou em português Simplesmente Acontece, essa resenha pode conter spoilers do livro e filme. Mesmo assim, boa leitura!

Título no Brasil: Simplesmente Acontece
Diretor: Christian Ditter
Elenco: Lily Collins, Sam Claflin, Christian Cooke, Jaime Winstone, Tamsin Egerton, Suki Waterhouse, Lily Laight
Gênero: Romance, comédia
Lançamento: 2014

"Sometimes you don't see that the best thing that's ever happened to you is sitting there, right under your nose." - ROSIE

Sinopse (AdoroCinema)Os jovens britânicos Rosie e Alex são amigos inseparáveis desde a infância, experimentando juntos as dificuldades amorosas, familiares e escolares. Embora exista uma atração entre eles, os dois mantêm a amizade acima de tudo. Um dia, Alex decide aceitar um convite para estudar medicina em Harvard, nos Estados Unidos. A distância entre eles faz com que nasçam os primeiros segredos, enquanto cada um encontra outros namorados e namoradas. Mas o destino continua atraindo Rosie e Alex um ao outro.




Love, Rosie é a adaptação do livro Onde Terminam os Arco-íris da autora best seller Cecelia Ahern. No Brasil ele foi traduzido como Simplesmente Acontece, e estreia dia 5 de março nos cinemas.

Bom, sabe quando você está muito ansioso para assistir um filme, esperou bastante, e finalmente consegue ver? E depois, quando vai escrever sobre ele, não sabe o que colocar no papel? Love, Rosie me deixou assim. Acho que até agora não acredito que assisti esse filme. Ok, assisti ele em inglês com legenda em espanhol. Sim, eu fiz isso! Observem a necessidade louca da pessoa de assistir um filme.

Como assisti em inglês, coloquei o nome do filme no título do post como Love, Rosie. E também porque eu amo esse título mais do que Simplesmente Acontece.




Primeiramente gostaria de dizer que Love, Rosie não é uma adaptação completamente fiel. Houveram várias mudanças para o roteiro e algumas me decepcionaram. Porém,  outras me agradaram bastante.

Quando digo que algumas coisas me decepcionaram, quero dizer que queria muito que alguns detalhes do livro estivessem no filme. Eu sabia que haveria mudanças, mas não vou escrever sobre todas que me decepcionaram, pois apesar disso foi uma boa adaptação e elas funcionaram para o filme.

Agora os  atores. Escolhas maravilhosas. Lily Collins foi uma Rosie perfeita. Uma ótima mãe. Apesar de achar que ela parecia sempre a mesma com o passar dos anos (com cara de novinha), apenas mudando as roupas e o cabelo (e que cabelo lindo!) e sua maturidade, achei que Lily Collins passou muito bem a Rosie do livro para as telas. O sorriso dela é lindo e eu amei suas roupas.

Sam Claflin. Ele mudou bastante com o passar dos anos. Além do cabelo, suas atitudes, as responsabilidades, conversas. Algo que me incomodou, e não tem nada a ver com o Sam, foi que achei, às vezes, o Alex um pouco fraco. Os relacionamentos dele, que eu realmente gostei no livro, foram vazios. Ele sabia que não amava nenhuma delas. Mas eu gosto muito dele, e o Sam interpretou o Alex muito bem.

Ruby. Acho que esperava mais dela no filme. Gosto muito da personagem  no livro e fiquei feliz com a atriz, mas ainda prefiro sua história e seu final no livro.

Greg é um idiota. O ator fez um Greg muito bom, mas eu realmente não gosto dele.

Katie. Todas as crianças que interpretaram a pequena Katie estão de parabéns. Eu amei a mocinha que fez ela com cinco anos, ela é muito fofa. Demorou um pouco pra eu gostar da Katie com doze anos. Não sei o motivo. Apesar de Toby estar no filme, senti falta dele. Como no filme o período que se passa é de 12 anos e não de 45 como no livro, o final dele com Katie é diferente. Mas foi legal.




Eu preciso compartilhar isso: queria que os irmãos da Rosie e o irmão do Alex estivessem no filme. Eles são bem legais no livro. Também achei algumas coisas rápidas demais. Como a infância deles. Parecia que queriam que Alex e Rosie chegassem logo à vida adulta.

Gostei da trilha sonora. Diferente, divertida. Minhas favoritas são High Hopes e Littlest Things. Os cenários também são bem bacanas.

Algumas cenas me pegaram de surpresa. Amei quando acontecia algo realmente igual ao livro. A carta, por exemplo. Quando Alex começou a escrevê-la fiquei muito, muito contente. Ri alto em certos momentos. Não cheguei a chorar, mas o final, quando finalmente chegou, não queria que acabasse, assim como no livro, e achei ele bem fofo. Tive a mesma frustração do livro, de eles nunca conseguirem ficar juntos. Mas então o finalmente.




A química entre Lily e Sam é muito bonita. Acompanhei os dois em entrevistas, e eles são supersimpáticos, além de talentosos e terem opiniões muito legais. E o sotaque britânico deles é fofo e viciante.

Gostei do ritmo do filme. Ele é divertido, comovente em certas cenas, fofo, profundo, às vezes bobo, mas é uma boa adaptação, com ótimas atuações, conversas interessantes, mudanças decepcionantes, surpresas bacanas e um final que me deixou sorrindo sem parar e também uma espécie de choque quando caiu a ficha de que eu assisti finalmente a adaptação de um livro que eu amo muito.

Quero muito ir assistir ao filme no cinema (na minha cidade finalmente abriu um), então se eu conseguir ir, acrescento um parágrafo sobre a dublagem e algum outro detalhe que deixei passar nessa resenha. 

Enfim, pra você que leu o livro e amou, não deixe de conferir Simplesmente Acontece nos cinemas dia 5 de março. E pra você que gosta de uma comédia romântica com bons atores e uma história fofa, não deixe de conferir também.

"No matter where you are or what you're doing - or who you're with - it doesn't matter; it doesn't change it, I always have and I always will, honestly, truly, completely - love you!"
- ROSIE

Assista ao trailer legendado:


Fonte das fotos: Lily Collins Brasil.
Abraços!

2 comentários:

  1. Guria do céu, amei esse filme, amei as músicas, amei tudo ♥ E prefiro mil vezes o livro, haha
    Tô seguindo, teu blog, retribui?

    http://www.falaaimaluco.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Eu amo muito esse filme, mas também prefiro o livro, que é o meu preferido da vida. Obrigada por seguir o blog. Vou conferir o seu. Abraços!

      Excluir