quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Livro: Procura-se um marido - Carina Rissi


Autora: Carina Rissi
Editora: Verus
Páginas: 472
Ano: 2012
Nota: 5/5 + 

" - Eu... meio que amo você - soltei, mordendo o lábio inferior.
Ele suspirou, parecendo aliviado.
- Acho isso ótimo, já que eu inteiro amo você - e sorriu largamente."

Sinopse (Verus Editora): Alicia sabe curtir a vida. Já viajou o mundo, é inconsequente, adora uma balada e é louca pelo avô, um rico empresário, dono de um patrimônio incalculável e sua única família. Após a morte do avô, ela vê sua vida ruir com a abertura do testamento. Narciso a excluiu da herança, alegando que a neta não tem maturidade suficiente para assumir seu império – a não ser, é claro, que esteja devidamente casada. 

Alicia se recusa a casar, está muito bem solteira e assim pretende permanecer. Então, decide burlar o testamento com um plano maluco e audacioso, colocando um anúncio no jornal em busca de um marido de aluguel. 

Diversos candidatos respondem ao anúncio, mas apenas um deles será capaz de fazer o coração de Alicia bater mais rápido, transformando sua vida de maneiras que ela jamais imaginou.

Cheio de humor, aventura, paixão e emoções intensas, Procura-se um marido vai fisgar você até a última linha.


Procura-se um marido é aquele tipo de livro que você não consegue parar de ler. Eu simplesmente não conseguia largar o livro. Só pra ter uma ideia, no primeiro dia eu li uns 20 capítulos. Eles são curtos, o que contribuiu para eu não querer fechar o livro.

A escrita da Carina, como sempre, está divertidíssima. Com humor, romance, um pouco de drama, e até ação, Carina mais uma vez me fez ficar imersa em sua história apaixonante.


Max foi aquele mocinho que me deixou irritada com ele no começo. Não sabemos seus motivos, mas então isso passa, e ele surpreende a Alicia e o leitor. Ele é responsável, gentil, educado, bonito, um amor de personagem, assim como sua família.

Alicia é hilária. É incrível como as protagonistas da Carina me conquistam desde a primeira página. Eu ri muito com ela. A Alicia tem um jeito sarcástico, mas pode ser um doce.

" - Max - ele disse (...).
- Hã? - perguntei.
- Meu nome é Max.
- Max? Tipo Vem aqui, Max? - provoquei.
Ele pareceu constrangido.
- Não. Diminutivo de Maximus." (página 52)

Mari, a melhor amiga da Alicia, é uma ótima personagem. Ela tem uma imaginação muito boa e está sempre apoiando a amiga.


Com cenas divertidas, de tirar o fôlego, de suspirar, e cheias de emoção, Procura-se um marido tem um ritmo delicioso. Apesar de suas 474 páginas, foi uma leitura rápida. Com personagens bem construídos e protagonistas apaixonantes, momentos engraçados, românticos, e até mistériosos, Carina me surpreendeu com mais uma história incrível.

" - Eu achava que sabia o que era amar. Então você apareceu, transformou minha vida num inferno e fez minhas convicções e certezas ruírem. (...)." (página 370)

Chegando perto do final, eu não sei se foi porque estava terminando ou por causa do que estava acontecendo na história, fiquei um pouco desanimada. Mas depois passou. É claro que isso que eu citei, não mudou em nada o quanto eu gostei da trama escrita pela Carina. Ela é muito talentosa e terminou a história muito bem.


Sempre recomendo os livros da Carina Rissi. São maravilhosos e te fazem rir e suspirar.

"(...) Eu não me importo se você tem dinheiro suficiente pra comprar um planeta ou um chiclete. Não me importo com mais nada, desde que você fique comigo. (...) Você pode voltar pra nossa casa, ou vamos morar na mansão, ou vamos pra casa da Mariana, se ela deixar. O que você quiser. Podemos morar no estacionamento da L&L que eu não me importo. Eu ainda seria o homem mais sortudo do planeta por ter você como minha mulher." (página 454)

Procura-se um marido me fez ficar com um sorriso no rosto e sentir como se eu tivesse borboletas no estômago. Também descobri que não gosto de terminar um livro, não importa se é a melhor e pior sensação do mundo. Eu simplesmente não gosto de me despedir da história e dos personagens.

Apenas leiam os livros da Carina!
Abraços e até o próximo post!

Nenhum comentário:

Postar um comentário